Saiba quais as vantagens de utilizar o Nginx como web server

nginx

Um dos mais completos do mercado, o Nginx é uma ótima opção de web server, independentemente das suas necessidades. Cheio de vantagens, recursos e funcionalidades, ele já um dos mais populares do mundo, dominando mais de 20% de todo o tráfego mundial e atrás somente do Apache.

No artigo de hoje, conheceremos melhor esse servidor web e todas as vantagens que ele oferece, além de fazermos uma breve comparação entre ele e o Apache. Acompanhe e entenda tudo que você precisa saber sobre esse web server e descubra tudo o que ele pode te proporcionar. Vamos lá?

Um pouco sobre o Nginx

Até o começo da última década, os servidores web eram incapazes de lidar com muitas conexões ao mesmo tempo. O limite era 10.000 e nenhum software conseguia gerenciar esse número de conexões, no que ficou conhecido como C10K problem. Ou problema das dez mil conexões, em português.

O Nginx (Pronuncia-se “Engine X”) foi lançado em 2004 para ser a solução desse problema. Usando uma arquitetura baseada em eventos (Event-driven Architecture, EDA), ele trouxe uma nova forma, mais eficiente e mais rápida, de se lidar com muitas conexões simultâneas.

Em sua versão inicial, ele funcionava apenas para a veiculação de tráfego HTTP. Atualmente, porém, também funciona como proxy reverso, proxy de e-mail e balanceador de carga HTTP. 

Hoje, gerenciando muito mais conexões, o Nginx já um dos servidores web mais populares do mundo, sendo o responsável por cerca de 20% de todo o tráfego global na web. Entre os seus principais utilizadores estão gigantes como Netflix, Adobe e Cloudflare.

As vantagens de usar o Nginx como web server

Como acabamos de ver, o Nginx é um dos servidores web mais populares do mundo e não seria para menos. Isso porque, além de ser um dos web servers mais velozes e seguros do mercado, ele traz diversas vantagens específicas que podem te ajudar a turbinar suas aplicações e a resolver uma série de questões.

Atuando como um balanceador de carga, o Nginx pode, por exemplo, desafogar suas aplicações, trazendo mais performance, menos consumo de recursos e mais segurança. 




Abaixo, você confere esse e diversos outros benefícios que você ganha usando o Nginx como seu web server. Continue acompanhando!

Suporte a balanceamento de carga

Com o balanceamento de carga (Load Balance), é possível distribuir o tráfego para diversos servidores, melhorando a performance e desafogando suas aplicações. O Nginx traz uma solução de Load Balance nativa, com, basicamente, três métodos que podem ser utilizados.

Um deles é o round-robin, que faz com que as requisições sejam distribuídas igualmente entre os servidores. Já o last-connected faz com que a requisição seja enviada para o servidor com o menor número de conexões ativas. Enquanto o ip-hash seleciona o servidor que vai receber a requisição a partir do endereço IP do cliente.

Além destes, o Nginx fornece outros métodos mais avançados e com qualquer um deles é possível fazer um ótimo balanceamento de carga.

Facilidade para lidar com muitas conexões simultâneas

Uma das maiores vantagens em usar o Nginx como web server é a sua facilidade para lidar com conexões simultâneas. Com sua arquitetura baseada em eventos, ele é capaz de gerenciar centenas de milhares de conexões ao mesmo tempo. E o melhor: sem aumentar o consumo de recursos, como veremos mais à frente.

Em comparação com outros servidores, como o Apache e o Lite Speed, por exemplo, ele chega a ser 4 vezes mais rápido nesse quesito. Assim, se você precisa lidar com muitas conexões simultâneas, o Nginx pode ser o melhor web server para o seu caso.

Configuração fácil e rápida

O Nginx também é extremamente fácil de ser configurado. O que é uma grande vantagem, principalmente se você trabalha com um time pequeno. Sua estrutura de arquivos de configuração é simples e dividida em módulos que são controlados por diretivas especificadas no arquivo de configuração.

Assim, em pouco tempo é possível configurar seu web server e deixá-lo apto a receber consultas HTTP e HTTPS.

Máxima eficiência

O Nginx possui a capacidade de servir centenas de milhares de conexões de forma extremamente eficiente, sem consumir muitos recursos. Essa é outra grande vantagem proporcionada pela arquitetura baseada em eventos desse web server.

Ao contrário de outros servidores, que usam uma arquitetura baseada em processos, em que cada requisição é gerenciada por um processo individual, no Nginx, basicamente, todas as conexões são processadas e verificadas de forma contínua




Com isso, mais conexões simultâneas podem ser gerenciadas, com menos recursos, como CPU e RAM, sendo consumidos. Assim, é possível gerir alto tráfego mesmo com poucos recursos disponíveis.

Gratuito e Open Source

Além de tudo isso que trouxemos aqui, o Nginx ainda é gratuito e open source. Isso significa que você pode aproveitar todas essas vantagens sem ter que fazer grandes investimentos e com total liberdade para personalizar o web server de acordo com as suas necessidades e objetivos.

Por ser open source, o Nginx também possui vasta documentação disponível na internet e inúmeros canais de suporte. São diversas comunidades, como fóruns, e-mails, sites e blogs, onde você pode encontrar qualquer tipo de usuário e tirar dúvidas. Tudo de graça!

Nginx X Apache

O Nginx é hoje o segundo software mais popular do mundo, atrás somente do Apache, sendo ambos considerados os melhores web servers do mercado. Assim, uma dúvida comum entre os usuários é qual dos dois melhor pode atender suas demandas; qual deles escolher para determinada aplicação.

A verdade é que ambos são ótimos servidores web e podem servir bem qualquer aplicação, com diferenças pontuais entre eles. O Nginx, por exemplo, é considerado melhor para servir conteúdo estático; enquanto o Apache pode ser melhor para servir conteúdo dinâmico. O Nginx é considerado melhor para VPS e nuvem. Já o Apache é mais recomendado para quem precisa de uma configuração mais robusta.

Dessa forma, ambos tem seus pontos fortes e fracos e a escolha entre os dois deve ser feita com base nas necessidades individuais de cada usuário.

E você, concorda conosco ou acha que o Nginx é melhor que o Apache; ou o contrário? Fala pra gente nos comentários! E não deixe de assinar a nossa newsletter para receber o melhor conteúdo sobre TI diretamente no seu e-mail!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *