Host One explica: aprenda como reduzir custos com Data Center

Host One explica: aprenda como reduzir custos com Data Center
por

Os centros de dados — e as equipes de TI responsáveis por eles — estão enfrentando, hoje, mais demandas das organizações. Ao mesmo tempo a cobrança por reduzir custos com data center é cada vez maior.

Ao longo da evolução de um negócio, analistas de TI são continuamente cobrados para executar uma plataforma de data center de alta densidade, de forma tão eficiente quanto possível. Isso significa controlar o poder, as cargas de trabalho e, claro, o resfriamento.

A demanda mundial por novos e mais poderosos aplicativos baseados em TI, combinada com os benefícios econômicos da consolidação de ativos físicos, levou a um aumento sem precedentes na densidade de dados que um data center deve suportar.

Em um cenário como esse, reduzir custos com data center tornou-se uma prioridade. Para várias empresas, isso garante a manutenção de uma rotina eficiente e de alta performance, sem o comprometimento das operações do negócio.

Para ajudá-lo com essa tarefa, separamos algumas abordagens que podem ser adotadas no seu negócio. Confira!

Adote uma política de manutenção preventiva

A manutenção preventiva deve ser adotada pela empresa para reduzir custos com data center, por meio de um conjunto de medidas que otimizam a infraestrutura de hardware e evitam que falhas inesperadas ocorram.

Ao realizar manutenções programadas periodicamente no seu hardware, você será capaz de aumentar o desempenho dos equipamentos e, assim, dar ao data center uma capacidade melhor para atender às demandas dos usuários.

Algumas medidas que podem ser adotadas incluem o backup de dados e a otimização da configuração de sistemas de acordo com o seu uso. Para isso, é preciso monitorar continuamente o desempenho do data center.


Além disso, todos os equipamentos devem ser avaliados regularmente, evitando que a troca de peças seja feita apenas quando problemas ocorrerem, reduzindo o tempo de inatividade. Ao eliminar chances de falhas, é possível cortar gastos não planejados.

Implemente indicadores de desempenho

O centro de dados de hoje caracteriza-se por uma infraestrutura extensa, complexa e difícil de entender que, uma vez instalada, será sempre necessária. Os profissionais de TI devem atender aos pedidos constantes por novos serviços e crescimento rápido de dados, juntamente com exigências crescentes de demanda e disponibilidade.

Para tomar decisões inteligentes sobre suas infraestruturas, eles precisam de alta visibilidade sobre o que está acontecendo em todos os seus data centers e instalações de colocação. E o caminho para o gerenciamento efetivo de infraestrutura começa pelo acompanhamento de métricas globais.

Utilização dos indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho, também chamados de KPIs (Key Process Indicators), dão ao setor de TI uma visão abrangente sobre o estado da infraestrutura e quais são os pontos que precisam de melhoria.

Avaliando de forma analítica fatores como o uptime de serviços e o número de erros em sistemas críticos, técnicos conseguem avaliar com precisão o que está impactando diretamente no orçamento da área e, assim, reduzir os custos com data center de forma precisa.

Tenha um sistema de refrigeração eficaz para reduzir custos com data center

Todo técnico de TI sabe a importância da refrigeração para o desempenho de computadores e data centers. Quando uma máquina funciona em uma temperatura acima da ideal, a sua performance é reduzida, impactando diretamente na sua produtividade.

Além disso, os custos com energia elétrica passam a ser maiores, uma vez que os dispositivos gastarão mais energia para tentar resfriar o equipamento. É por isso que grande parte da conta de serviços de um centro de dados vai para suportar sistemas de resfriamento.

Contudo, é preciso considerar que muitos sistemas de refrigeração de data centers são ineficientemente implantados ou não são operados nas condições recomendadas. Sua organização pode ter algumas oportunidades prontas para reduzir os custos de resfriamento por meio de algumas melhorias práticas, tais como:

  • use configurações de corredor quente/corredor frio. Ao alternar o equipamento, você criará um corredor com entrada de ar frio e outro com escape de ar quente, que permite a manutenção de uma temperatura de ar mais uniforme;
  • use painéis apagados dentro dos gabinetes do equipamento para que o ar dos corredores quentes não se misture com o ar dos corredores frios;
  • sele as saídas dos cabos para minimizar o “fluxo de ar de derivação”, pelo qual o ar frio recua de volta para unidades de resfriamento em vez de circular uniformemente em todo o centro de dados. Esse fenômeno afeta até 60% do suprimento de ar fresco em salas de informática;
  • oriente as instalações de ar-condicionado do quarto de computador perto dos compartimentos e perpendiculares aos corredores quentes para maximizar o resfriamento onde é mais necessário;
  • a otimização adicional dos sistemas de resfriamento pode ser conquistada por meio do uso de manipuladores de ar e refrigeradores que usam tecnologias eficientes, como unidades de frequência variável.

Faça ajustes finos na utilização

Muitas empresas desconhecem a quantidade de armazenamento e computação que elas realmente estão usando. Normalmente, elas também não sabem onde esse armazenamento está, como em qual centro de dados um dado está guardado, ou muito menos em qual servidor.

Muitas vezes, organizações e gestores de TI se preocupam em como escalar o espaço dos seus servidores, à medida que a empresa e número de informações com que ela lida crescem, sem se darem conta de que, talvez, os servidores atuais estejam subutilizados.

Também, pode acontecer de dados estarem duplicados em mais de um servidor. Um departamento pode utilizá-los para desenvolvimento, outro pode criar uma cópia para recuperação, outro para treinamento, e assim por diante.

Identificação dos dados armazenados

Ao fazer, portanto, ajustes finos na utilização (como a deduplicação), identificando os dados armazenados e a verdadeira capacidade de armazenamento que a organização necessita, esse problema pode ser evitado.

A deduplicação reduz o espaço e energia necessários para essas cópias de backup excessivas, resultando em economias substanciais.

Após realizá-la, junto a outras melhorias de utilização, você pode acabar descobrindo que, em vez de seis centros de dados, sua empresa precisa de apenas quatro, o que reduz os custos gerais de manutenção da infraestrutura.

Realize auditorias no uso de energia do seu data center

Muitos gestores de centros de dados não conhecem a eficiência do equipamento de TI ou da infraestrutura da empresa. Há muitas oportunidades para reduzir os custos de energia e tornar-se mais sustentável que são ignoradas.

Quanto do orçamento de energia do centro de dados é destinado aos sistemas de TI? Quanto vale para suportar esses sistemas? Por cada kilowatt-hora de energia que é alimentado aos sistemas de TI, quanto da produção de TI real você obtém? Como uma boa gestão de energia elétrica pode ajudar a reduzir custos com data center?

As respostas a essas perguntas fornecem uma imagem da quantidade de energia consumida para cada unidade de produtividade do centro de dados.

Em termos reais, a eficiência de TI mostra a eficiência com que o equipamento de TI fornece resultados úteis para uma determinada entrada de energia elétrica. A eficiência da infraestrutura mostra a quantidade de energia que alimenta o equipamento de TI e quanto é desviado para os sistemas de suporte (energia de backup e refrigeração).

Esses números permitem acompanhar a eficiência ao longo do tempo e revelar oportunidades para maximizar a produção de TI — ao mesmo tempo em que reduz o poder de entrada — e para reduzir perdas e ineficiências nos sistemas de suporte.

A auditoria da eficiência energética do seu centro de dados identificará e priorizará as oportunidades para reduzir o consumo de energia. Você poderia melhorar a eficiência energética ao tomar simples ações, como:

  • identificar e apagar equipamentos subutilizados;
  • aumentar a utilização do equipamento por meio da consolidação;
  • selecionar equipamentos de TI de alta eficiência visando reduzir custos com data center;
  • implementar práticas eficientes em termos de energia para o resfriamento;
  • incluir a eficiência energética como um requisito fundamental nos critérios de design, ao lado da confiabilidade e do tempo de atividade;
  • considerar a eficiência energética nos cálculos do custo total de propriedade ao selecionar novas tecnologias de TI, energia de reserva e equipamentos de refrigeração.

Invista na virtualização de servidores

A tecnologia da nuvem emergiu como uma ferramenta para maximizar a eficiência do centro de dados. O avanço do cloud computing permitiu a criação do data center virtual, uma solução de TI escalável, segura e com alta performance.

A virtualização de servidores tem sido uma inovação disruptiva para a TI, proporcionando eficiências e recursos que simplesmente não são possíveis quando restringidos dentro de um mundo físico.

Basicamente, ela permite que um servidor físico execute vários ambientes informáticos individuais. Na prática, é como obter vários servidores para cada servidor físico que você compra, ajudando muito a reduzir custos com data center.

Benefícios da virtualização

Existem muitos benefícios para uma organização ou empresa de TI ao escolher implementar uma estratégia de virtualização de servidores. Com a tecnologia que temos hoje, não há motivo para permanecer ocioso e simplesmente assistir a essas mudanças à margem.

Com o investimento nessa ferramenta, a empresa pode configurar um servidor de acordo com o seu perfil de trabalho, definindo todos os fatores necessários para ter o máximo de retorno sobre o investimento. Por ser escalável, o data center virtual sempre terá a performance necessária para atender à demanda de usuários e reduzir custos com data center tradicional.

Além disso, os sistemas em nuvem possuem um sistema de pagamento do tipo “pay as you go”. Isso significa que a empresa pagará apenas pela quantidade de recursos utilizados, algo crucial para eliminar gastos com infraestrutura subutilizada e evitando altos investimentos com compra de novos equipamentos, terceirar a infraestrutura é hoje uma das melhores maneiras de reduzir custos com data center.

Gostou do nosso post? Quer saber mais sobre como a nuvem e a virtualização de servidores pode te ajudar a reduzir custos com data center? Entre em contato conosco  e converse com um dos nossos consultores agora!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *