Saiba como restruturar o setor de TI

Saiba como restruturar o setor de TI

Muitas vezes, o setor de TI deve ser reestruturado para atender a novas demandas dos usuários ou a mudanças na estratégia do negócio. Nesse momento, o gestor de TI deve adotar uma rotina proativa, avaliando quais são os procedimentos mais adequados ao novo perfil da empresa e quais são as tendências do mercado que podem ser úteis em médio e longo prazo. Dessa forma, a área pode manter-se relevante e capaz de facilitar o alcance das metas definidas pelos líderes internos.

Mas como essa reestruturação pode ser feita? Veja nossas 4 dicas!

1. Adote o armazenamento na nuvem para reduzir custos

Ferramentas de cloud storage se destacam pela capacidade de permitir o compartilhamento de dados em um ambiente seguro e de alta performance. Investindo nessa solução, o gestor de TI proporciona um ganho de escalabilidade e mobilidade relevante a todos os profissionais do negócio.

Consequentemente, o alcance de resultados e as rotinas de trabalho colaborativas tornam-se mais presentes no dia a dia da empresa. Isso será fundamental para que todos possam solucionar problemas de clientes e criar novas oportunidades de negócio.


2. Reavalie os serviços contratados e custos operacionais

Todos os serviços contratados devem ser reavaliados junto com demais processos internos durante uma estratégia de corte de gastos. Identificando possíveis desperdícios, a companhia libera recursos para novos investimentos e, assim, cria um ciclo de inovação.

Busque avaliar licenças de software e equipamentos pouco utilizados. Eles podem ser revendidos a parceiros comerciais e, com o auxílio da verba obtida, serem aplicados para a obtenção de novos recursos.

3. Direcione rotinas de forma eficiente

O direcionamento de atividades está diretamente ligado ao índice de produtividade interno. O gestor de TI deve distribuir rotinas de acordo com as qualidades de cada profissional. Isso reduz as chances de erro e maximiza os resultados obtidos por cada colaborador.

Ao mesmo tempo, rotinas de feedback e cursos podem ser adotados pelo negócio. Dessa forma, garante-se que todos atuarão com conhecimentos sobre a maioria das rotinas bem alinhados.

4. Invista no outsourcing

A terceirização de rotinas de gestão de TI é uma abordagem que já é utilizada por vários negócios. Nesse sentido, o outsourcing se destaca não só pela capacidade de reduzir gastos, mas também pode melhorar as rotinas internas e ampliar a segurança da infraestrutura.


Ao contratar uma empresa de outsourcing, a empresa deve liberar informações para que as rotinas de gestão sejam replanejadas da melhor maneira possível. Vale destacar, também, que o apoio de líderes facilita a adoção dos serviços da prestadora de serviços. Todos terão um maior engajamento nas novas políticas internas.

Diante disso, sempre opte por empresas do ramo com certificados de qualidade, bom histórico com consumidores e uma imagem consolidada no mercado. Elas possuem maior capacidade para atender a demandas internas e se adaptar ao perfil do negócio. Já os Acordos de Nível de Serviço (SLA, ou Service Level Agreement) são planejados em conjunto, algo que alinha expectativas e facilita modificações no futuro.

Agora é a sua vez: você conhece alguma abordagem para reestruturar o setor de TI? Compartilhe com a gente!

Share

Recommended Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *