Como promover escalabilidade na minha empresa?

escalabilidade

Não existe crescimento de um negócio sem escalabilidade. O Twitter, um dos gigantes das redes sociais, aprendeu isso da pior maneira e gerou uma discussão grande sobre o assunto. Logo quando foi lançado, era comum que os usuários da rede se deparassem com o famoso símbolo da baleia aparecendo toda hora que o site enfrentava um pico de uso.

Em tempos de comunicação rápida, isso pegou muito mal para a empresa, que teve que se adaptar e investir em uma estrutura escalável que suportasse o aumento da geração de posts no site e o mantivesse funcionando com a mesma qualidade.

Mas, afinal, o que é escalabilidade?

O exemplo acima é uma definição prática da escalabilidade. Mas, na teoria, ela é a capacidade de uma estrutura ou sistema de crescer e atender o aumento nas suas demandas, sem perder a qualidade do serviço.

Imagine que, ao lançar seu website, uma pequena empresa utilize a hospedagem compartilhada, que não é escalável. Com o crescimento do negócio, cresce também o fluxo de acessos no site. E, como lá no início seus gestores não optaram por uma estrutura escalável, a página pode acabar enfrentando problemas. O que consequentemente, leva a uma perda de prospects e oportunidades de negócios.

E se você acha que esse é um problema exclusivo das grandes empresas, como o Twitter, está bem enganado. Qualquer pequeno negócio, que sonhe em se tornar grande, precisa investir na virtualização dos seus sistemas para que, quando as demandas aumentarem, eles estejam preparados para atender com a mesma excelência.

Quais os benefícios da escalabilidade?

Primeiramente, é por meio da escalabilidade que você consegue identificar se sua empresa será capaz de devolver os investimentos feitos para seu lançamento. Mas, mesmo que o negócio já esteja consolidado no mercado há algum tempo, ainda é essencial torná-lo escalável pois:

A escalabilidade ajuda atrair novos investimentos

Compreender o seu nível de escalabilidade é primordial para entender o potencial da empresa junto ao mercado e atrair o investimento de novos investidores. Isso porque ela reduz os níveis de incertezas e permite uma avaliação mais precisa dos retornos que serão obtidos, pontos essenciais para se tornar interessante ao olhos dos investidores-anjo e dos fundos de investimento.




Além disso, quando se compreende o nível de escalabilidade da empresa, fica mais fácil entender como será o seu futuro. E isso dá aos investidores um visão a curto, médio e longo prazo do negócio, tirando dúvidas quanto a viabilidade do mesmo e dando um gostinho do que se pode esperar mais à frente.

A escalabilidade permite atender os seus clientes sem perder na qualidade

Se alguém se tornou seu cliente foi porque acreditou na qualidade dos seus produtos ou serviços. Porém, se a empresa não estiver pronta para atender essas expectativas, é bem provável que o tempo de vida desse cliente seja curto.

E não é pequeno o número de empresas que começam prestando um ótimo serviço e crescem por conta disso. Mas depois não possuem estrutura para lidar com o aumento na demanda e perde clientes e oportunidades. Isso acontece porque essas empresas investem em recursos que as atendem no presente, mas não pensam no futuro. E quando o futuro chega é preciso migrar toda uma infraestrutura para dar conta da demanda. O resultado é muito prejuízo não só financeiro, mas de imagem junto aos novos e velhos clientes.

Mas quando se investe em recursos escaláveis, como a cloud, a história é completamente diferente. Com ela, a empresa pode começar minúscula, mas quando começar a crescer terá uma infraestrutura completa dando suporte. Em um e-commerce, por exemplo, basta alguns cliques para contratar mais memória, espaço de armazenamento e banda; sem a necessidade de investir nada além do aumento na assinatura correspondente aos novos recursos.

Assim, é possível continuar atendendo com qualidade, independente da demanda. O que permite, também, acompanhar a volatilidade e o crescimento do mercado, estando sempre um passo à frente deste.

A escalabilidade reduz custos dentro da empresa

Um negócio escalável é aquele que consegue multiplicar suas ações, atingindo um grande número de clientes, sem que isso signifique, necessariamente, um aumento no investimento financeiro. A escalabilidade permite que o modelo de negócio seja replicado sem que recursos adicionais sejam acrescentados na mesma proporção do crescimento.

Se voltarmos ao e-commerce do tópico anterior, por exemplo , veremos que sem uma estrutura escalável as coisas seriam bem mais difíceis e custosas. Se, na fase de crescimento, ele estivesse com uma estrutura física, seria necessário adquirir novos servidores, storages, softwares, etc. E, com isso, os gastos com energia e pessoal especializado também cresceria.

De forma contrária, com recursos escaláveis é possível crescer livremente, sem ver os custos crescerem junto. E, com a possibilidade de fazer mais gastando menos, a margem de lucro do negócio também cresce.




A escalabilidade permite tranquilidade na gestão da estrutura de TI

Atualmente, as empresas que não contam com uma estrutura escalável dá aos seus gestores uma enorme dor de cabeça. Em mercados instáveis, como o e-commerce ou o setor de serviços, os gestores vivem de apagar incêndios aqui e ali. O que torna tudo muito mais difícil de lidar e prejudica a tomada de ações estratégicas para crescimento do negócio.

Já com uma infraestrutura de TI escalável, é possível garantir que os serviços dentro da empresa estarão sempre funcionando, mesmo quando houver picos na demanda. O que garante tranquilidade para cuidar dos demais aspectos da TI da empresa, sem ter que ficar “apagando incêndio” a todo momento. Com uma estrutura escalável, a tranquilidade do gestor independe das circunstâncias, sejam elas boas ou ruins. E assim ele tem mais condições de cuidar do core business do negócio.

Como tornar minha empresa escalável?

Sistemas escaláveis garantem maior agilidade e a habilidade de implantar os recursos necessários sempre que novas oportunidades aparecerem e que as condições do negócio forem alteradas.

Para tornar sua empresa escalável, é preciso possuir sistemas rápidos e trabalhar com modelos de computação em nuvem. Toda a infraestrutura deve ser construída pensando na escalabilidade e nas possibilidades de crescimento do negócio. Senão, a empresa pode perder vantagens competitivas no mercado.

Isso significa investir em sistemas que suportem o aumento no armazenamento de dados, sem que perca qualidade no seu funcionamento, ou seja, sem que fiquem lentos ou mesmo parem de funcionar. Assim, é possível não só se preparar para o crescimento da empresa, como evitar prejuízos e desperdícios.

E você, está pronto para escalar? Comente abaixo e nos conte um pouco dos desafios enfrentados no seu trabalho!

Share

Comments

  1. […] oferece aprimoramentos em questões de desempenho, disponibilidade e escalabilidade, […]

  2. […] oferece aprimoramentos em questões de desempenho, disponibilidade e escalabilidade, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *