Mala direta no e-mail: o que é e por que é importante?

Mala direta no e-mail: o que é e por que é importante?

Para muitos empresários, o e-mail marketing está morto. No entanto, a realidade mostra justamente o contrário: a boa e velha estratégia da mala direta no e-mail ainda é funcional, acessível e mensurável.

Embora as novas ferramentas de interação, como as redes sociais, estejam dominando o mercado, o e-mail corporativo ainda é uma maneira menos inconveniente de entrar em contato com o seu consumidor.

Neste artigo vamos mostrar a definição da mala direta no e-mail e qual é a melhor maneira de utilizá-la para otimizar os seus processos e nutrir os seus clientes. Está pronto? Confira!

O que é mala direta no e-mail?

Podemos definir uma mala direta no e-mail como um sistema de propagação de uma mensagem. Com a utilização de alguns recursos como programas, editores de texto e imagens o seu correio eletrônico passa a ser um canal de transmissão em massa. Você pode enviar e-mails contendo avisos, promoções ou cobranças, por exemplo.

É comum o uso dessa técnica para conteúdos impressos, diretamente para os endereços dos clientes. No entanto, transportar a iniciativa para o meio virtual reduz custos e contribui para o acompanhamento das suas estratégias. Por isso, a mala direta no e-mail conta com a adesão se uma série de empresas no Brasil e no mundo.

Por que a mala direta é importante?

Quando discutimos sobre a relevância do e-mail para a sua estratégia de marketing, é válido verificar dados sobre essa ferramenta. Confira alguns:




  • 92% dos usuários usam e-mail e 61% deles acessam as suas caixas de entrada diariamente (Pew Research);

  • diferente do que se imagina, o e-mail é 40 vezes mais efetivo para adquirir novos clientes do que as redes sociais (McKinsey e Company);

  • 72% das pessoas entrevistadas na pesquisa da Marketing Sherpa declararam que preferem receber conteúdos promocionais por e-mail do que pelas redes sociais;

  • 95% das pessoas esperam que a sua mensagem seja útil, ou seja, esperam receber conteúdo direcionado e estão dispostas a interagir com ele nessas condições (SalesForce).

Quando você entende as estatísticas sobre o e-mail como ferramenta de marketing, é possível perceber que o seu uso ainda é eficaz se for feito de acordo com os hábitos do público que você quer atingir.

Quem deve utilizar a estratégia de mala direta no e-mail?

Como observamos, nenhuma empresa, independentemente do porte ou do segmento, deveria desconsiderar a utilização da mala direta no e-mail. Várias delas não estão desperdiçando essa oportunidade! De acordo com o levantamento da Content Trends, 46,3% das empresas do Brasil usam o e-mail para distribuir conteúdo.

Vantagens como o alcance e a possibilidade de mensurar a estratégia fazem da mala direta uma grande aliada de qualquer processo de comunicação e marketing. Você só deve adequar a mensagem de acordo com o seu cliente e ser criativo para elevar as taxas de abertura.

Existem exemplos criativos de mala direta?

Quantos e-mails você costuma receber por dia? Muitos, não é mesmo? Às vezes, não é possível conferir toda a nossa caixa de entrada e, por isso, a mala direta deve ser objetiva e, acima de tudo, criativa. Invista no título, personalize os e-mails com os nomes das pessoas e conte com esses exemplos práticos como inspiração:

Central de Intercâmbio (CI)

A Central de Intercâmbio apostou em uma combinação do visual com o conteúdo e conseguiu atrair a atenção do seu público. As ofertas só eram vistas no final do template essa ideia pode ser utilizada por qualquer empresário.

Airbnb

A empresa é um modelo de como combinar duas estratégias. Ela usou o histórico de buscas do seu site para enviar e-mails direcionados, de acordo com o que o cliente estava buscando naquele momento. É possível fazer isso por meio de ferramentas de tracking fornecidas pelo Google Analytics.

Como começar a usar mala direta nos e-mails da sua empresa?

A criação de uma estratégia de mala direta no e-mail passa por algumas etapas principais. Aprenda a usá-las e comece a aplicar a estratégia de mala direta no e-mail agora mesmo!

Elabore um texto padrão

Trabalhe o seu conteúdo! Lembre-se de que você precisa atrair a atenção do seu cliente logo nas primeiras linhas, então é essencial adequar a sua linguagem com a do seu público para gerar identificação. Procure elaborar alguns modelos para testar a aceitação da sua audiência.




Tenha uma lista de contatos

Nunca compre uma lista de e-mails. Prefira criar a sua lista de prospectos por meio da publicação de conteúdos e da realização de ações que sejam de interesse do seu futuro consumidor. Enviar e-mails para contatos que não conferiram esse direito a você pode manchar a sua reputação online.

Personalize o seu conteúdo

A ideia é ser pessoal. Apesar da quantidade de envios ser grande, existem algumas técnicas para transmitir essa impressão ao cliente como usar o seu nome no lugar do nome da empresa, por exemplo. Procure manter uma conexão mais próxima do seu público e ele tenderá a respondê-lo da mesma forma.

Use ferramentas de automação de e-mail marketing

A forma adequada de enviar uma mensagem para o seu cliente é por meio de ferramentas de automação de e-mails. Com elas, a sua empresa contará com templates profissionais e terá acesso a dados de relatórios de envio para verificar taxas de abertura e cliques nos links.

Consulte em nosso site o serviço Mailer Premium e faça um teste gratuito para conhecer a ferramenta de e-mail marketing da Host One.

Este artigo foi útil para você? Então dê o próximo passo! Temos a melhor solução para aplicar uma estratégia de mala direta no e-mail. Entre em contato conosco agora e vamos avaliar qual delas atende melhor às suas necessidades.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *