Confira as 7 melhores práticas para planejamento de TI

Confira as 7 melhores práticas para planejamento de TI

A tecnologia possui um papel estratégico para empresas. Ela contribui para que times possam atuar com alta performance, integração e sem grandes problemas de agilidade. Além disso, ferramentas de tecnologia tornam o ambiente de trabalho mais inovador e livre de desperdícios, bastando-se apenas fazer um bom planejamento de TI.

Diante da sua importância, a empresa deve criar mecanismos para que os responsáveis pelo planejamento de TI possam atuar de maneira estratégica na busca por um ambiente de trabalho mais inteligente e conectado com as necessidades do mercado. É importante integrar a tecnologia dentro do dia a dia de cada setor da melhor forma possível, evitando o desperdício de recursos e tornando processos mais inteligentes.

Mas como fazer isso? Confira abaixo sete estratégias para melhorar o planejamento de TI e atingir melhores resultados para o negócio!

1. Invista em novas tecnologias

O investimento em TI é uma das melhores formas de melhorar a rotina de uma empresa. Adotando novas ferramentas, o negócio pode otimizar as suas atividades, criar processos mais flexíveis e atingir um melhor nível de performance. Além disso, os profissionais podem colaborar mais e reduzir custos.

Sempre verifique quais são as tendências tecnológicas do setor de TI. Faça uma avaliação contínua sobre quais são as ferramentas que podem atender às demandas internas e proporcionar a manutenção de um ambiente de trabalho eficaz, em que a empresa possa atingir as suas metas facilmente. Dessa forma, a companhia conseguirá manter-se competitiva e pronta para enfrentar os desafios de seu setor.

2. Crie métricas e indicadores de desempenho

As métricas e indicadores de desempenho dão aos gestores a oportunidade de identificar, de uma forma abrangente, como o empreendimento está funcionando e o que pode ser melhorado. Com o auxílio de uma rotina de monitoramento contínua, a empresa poderá rastrear quais são os pontos que necessitam de aperfeiçoamento, o status de processos e como cada equipe comporta-se em diferentes cenários.




Os indicadores de desempenho devem ser vistos como um fator estratégico. Estruturados de acordo com o perfil de cada área e dispositivo, assim como as rotinas internas, eles tornam a gestão mais eficaz e evitam que problemas passem despercebidos. Como consequência, a empresa poderá garantir o desempenho de todos os seus setores facilmente.

3. Faça uso da análise de dados

A análise de dados pode servir como uma ferramenta estratégica para gestores encontrarem formas mais eficazes de planejar as suas rotinas, identificarem tendências de mercado e avaliar o retorno em potencial sobre um investimento. Dessa forma, a companhia consegue evitar não apenas os prejuízos, mas também a manutenção de processos de baixa performance.

Adote, se necessário, soluções de Big Data e de outras tecnologias que permitem uma análise contínua de todas as informações disponíveis para análise. Cruze dados de indicadores, logs de uso, tendências de mercado e histórico de vendas para identificar quais são as melhores estratégias e métodos para estruturar o negócio e, assim, atingir as metas de médio e longo prazo.

4. Avalie quais são os pontos fortes e fracos das políticas de gestão

As políticas de gestão possuem um grande papel na capacidade de cada setor para atingir suas metas. Para que o planejamento de TI seja mais inteligente, o gestor deve sempre reavaliar as suas estratégias de governança e, assim, identificar se elas conseguem atender às demandas do empreendimento.

Não hesite em fazer mudanças. O importante é que o negócio sempre possua uma política de gestão eficaz e adaptada às necessidades de cada time.

5. Mantenha canais de comunicação com outros setores

A tecnologia já faz parte de vários setores de uma empresa. E nesse sentido, é importante que o setor de TI conheça as necessidades de todas as áreas, planejando estratégias de alta performance e que sejam capazes de gerar alta competitividade para o empreendimento.

Nesse sentido, para tornar o planejamento de TI mais eficaz, o gestor deve criar canais de comunicação com líderes de outras áreas, como e-mails e aplicativos de mensagens. Dessa forma, sempre que for necessário, outras áreas podem comunicar rapidamente os problemas de desempenho ou indicar sugestões para os processos do setor. Além disso, será mais fácil definir rotinas de trabalho, uma vez que todas as metas e dificuldades enfrentadas pelos usuários serão conhecidas.

6. Mantenha um orçamento transparente

O orçamento deve ser transparente e objetivo. Quanto mais fácil a sua leitura, maior a capacidade da empresa identificar pontos que podem ser melhorados e avaliar quais são os fatores que, a longo prazo, contribuem para o mal uso dos recursos disponíveis.




Faça sempre uma avaliação do que interfere nos custos da empresa. Identifique como cada sistema ou ferramenta impacta os gastos que o negócio possui com a infraestrutura de TI e o que pode ser aperfeiçoado. Dessa forma, o planejamento de TI conseguirá manter o setor funcional e com gastos consistentes com as necessidades da área.

7. Tenha times e processos integrados

A integração operacional é um dos fatores que melhor contribui para que negócios consigam atingir as suas metas e possam trabalhar da melhor maneira possível. Quando times atuam lado a lado, o gestor consegue definir as melhores estratégias operacionais, resolver problemas com agilidade e criar processos de alta inovação, a empresa pode atingir melhores resultados e conseguir manter uma rotina de alta performance.

Nesse sentido, o planejamento de TI deve ser feito para criar uma rotina de alta performance e manter um ambiente que estimule a colaboração. Profissionais devem contar com ferramentas de comunicação e um conjunto de fatores que contribuem para que todos possam colaborar e trocar informações estratégicas.

E nesse sentido, a computação em nuvem e as soluções de comunicação possuem um papel chave. Elas contribuem para que equipes consigam comunicar-se e trocar dados rapidamente e com alta segurança, evitando problemas e conflitos.

Para proporcionar um ambiente de trabalho mais eficaz, o planejamento de TI também pode adotar outras abordagens. Elas contribuem para que o negócio tenha uma infraestrutura de TI com alta performance e um número de falhas reduzido ao mínimo. Se você quer saber como estruturar o planejamento de TI do seu negócio corretamente, veja o nosso post sobre o tema!

Share

Comments

  1. […] boas práticas de segurança. Elabore tutoriais e treinamentos para sensibilizar os funcionários. Mantenha-os […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *