Você sabe por que deve hospedar novos projetos em nuvem?

Você sabe por que deve hospedar novos projetos em nuvem?

Atualmente, a computação em nuvem permite que empresas criem rotinas mais inteligentes e conectadas com as necessidades do mercado. Além de ajudar a reduzir custos, essa tecnologia oferece mobilidade e escalabilidade para o ambiente corporativo.

Dessa forma, a companhia consegue atender a um número maior de demandas e manter-se competitiva. Nesse cenário, o desenvolvimento de projetos em nuvem é visto como uma alternativa para que o negócio possa atuar de maneira estratégica.

Essa abordagem permite que as equipes possam se beneficiar das vantagens do trabalho em um ambiente de cloud computing mesmo em iniciativas internas.

Ficou interessado? Então confira a lista de vantagens de hospedar seus projetos em nuvem!

Infraestrutura mais escalável

Projetos corporativos podem, em muitos casos, ter requisitos que mudam rapidamente. E, nesse momento, ter uma infraestrutura flexível e escalável é um ponto-chave. Isso dá ao empreendimento a capacidade de responder rapidamente às alterações, evitando atrasos e quedas de desempenho.

Com a execução de projetos em nuvem, a empresa pode tirar proveito da escalabilidade da infraestrutura. Caso ocorra um aumento repentino na demanda por recursos, a companhia pode ampliar as funcionalidades existentes rapidamente para evitar falhas na entrega de serviços a seu público-alvo.

Internamente, esse fator cria mais segurança para o gestor. Uma infraestrutura escalável dá ao profissional de Tecnologia da Informação (TI) a garantia de que pode contar com um conjunto de ferramentas de alto desempenho, que atende perfeitamente às suas necessidades.

Menor alocação de recursos operacionais

Durante projetos corporativos, é crucial que o gestor consiga alocar rapidamente e com precisão os recursos operacionais para os profissionais envolvidos na iniciativa. Isso evita atrasos, erros na execução de tarefas e baixa produtividade.

E, nessas circunstâncias, a computação em nuvem fornece a plataforma ideal para que a companhia possa atuar de maneira estratégica e, assim, evitar que os profissionais fiquem sem as soluções necessárias para o seu dia a dia.




Ao trabalhar com projetos em nuvem, a companhia pode definir de maneira estratégica como cada equipe vai utilizar as ferramentas disponíveis. Em um ambiente centralizado, o gestor controla o compartilhamento de funcionalidades, quem tem acesso a quais sistemas e como as políticas de segurança e governança digital devem ser estruturadas.

Com essas medidas, o planejamento e a execução de tarefas ficam mais ágeis, transparentes e precisos.

Mais agilidade

A agilidade é um fator que afeta diretamente a capacidade de uma equipe de executar um projeto no prazo definido no planejamento. Esse fator está relacionado com uma série de determinantes, como as metodologias adotadas, a maneira como cada rotina é estruturada e as ferramentas disponíveis.

E a computação em nuvem pode ter papel-chave para garantir que as equipes tenham mais agilidade. Afinal, quando investe em ferramentas de cloud computing, a empresa consegue reduzir o tempo de resposta dos profissionais a alterações em requisitos e aumentar a velocidade de execução de cada etapa.

É possível, por exemplo, modificar funcionalidades rapidamente, tornando menores os prazos para que as equipes se adaptem a um novo cenário. Ao mesmo tempo, a possibilidade de compartilhar informações em um ambiente unificado contribui para melhorar a agilidade dos envolvidos em projetos corporativos.

Com uma rotina de trabalho com mais colaboração, as equipes podem solucionar problemas rapidamente, evitando atrasos e garantindo a inovação como um todo. Por evitar gargalos operacionais com facilidade, a infraestrutura de computação em nuvem também reduz atrasos causados por problemas de desempenho. Assim, a companhia pode se manter em dia com os prazos dos projetos sem grande dificuldade.

Flexibilidade operacional

A flexibilidade operacional tem sido cada vez mais importante para projetos corporativos. Esse é um dos principais fatores que contribuem para que empresas possam se adaptar rapidamente a mudanças, adotar rotinas com maior agilidade e manter uma prática com alta produtividade.

Nesse sentido, ao executar projetos na nuvem, a empresa pode atuar de maneira estratégica. Gestores conseguem identificar como os recursos estão sendo utilizados e efetuar adaptações para manter os processos continuamente eficazes.

Da mesma forma, a possibilidade de criar um ambiente com mais mobilidade afeta diretamente a flexibilidade interna. A companhia pode, então, garantir que o projeto será executado independentemente do local em que os profissionais se encontrem, uma vez que os recursos necessários para cada tarefa estão sempre disponíveis.

Isso acaba se tornando um fator estratégico para o negócio. Rotinas de home office e políticas do tipo “traga seu próprio dispositivo” (Bring Your Own Device – BYOD) são conhecidas por reduzirem custos e melhorarem os índices de produtividade.




Se essas estratégias forem mantidas de forma integrada com a rotina de trabalho do projeto em nuvem, a companhia aumenta as chances de a iniciativa atingir os objetivos esperados.

Atualizações mais ágeis

A infraestrutura de cloud computing, integrada ao ambiente operacional de uma empresa, permite ao negócio acessar rapidamente novos recursos operacionais.

Afinal, na nuvem, o usuário recebe atualizações e correções de segurança com alguns cliques, o que evita que seus dados fiquem expostos a vulnerabilidades ou erros no código-fonte. Em outras palavras, novidades são distribuídas rapidamente e isso facilita a adoção de rotinas mais inovadoras.

Redução de custos

No ambiente corporativo atual, os custos relacionados a qualquer iniciativa atingem diretamente os índices de sucesso do negócio. Portanto, é importante que a empresa seja capaz de eliminar desperdícios de maneira estratégica.

Ao trabalhar com projetos em nuvem, a organização consegue manter um orçamento mais compacto e preciso. Gestores podem modificar os recursos e as funcionalidades disponíveis para cada usuário de acordo com a demanda do momento.

Dessa forma, a companhia evita o investimento em soluções que não são utilizadas por completo. O pagamento é feito regularmente e o valor varia conforme a quantidade de recursos contratados — isso diminui drasticamente os valores necessários para executar o projeto.

Hoje, a computação em nuvem tem um papel estratégico em qualquer empresa. Afinal, ela tem facilitado a adoção de rotinas de trabalho mais flexíveis, com alta escalabilidade e agilidade operacional.

Além disso, ao optar por ter projetos em nuvem, a empresa pode manter o acesso fácil a novas funcionalidades e criar um orçamento mais preciso. Quer saber mais? Então veja esta lista de motivos para considerar a nuvem como um investimento estratégico!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *