O que são os Gêmeos Digitais e como eles promovem inovação

0
149
gemeo-digital

Como é possível operar, manter e aprimorar sistemas quando você não tem acesso físico a eles? Esse foi o desafio que o departamento de pesquisa da NASA teve que enfrentar ao desenvolver máquinas e sistemas que viajariam para bem longe do raio de ação da companhia: outros planetas e além do sistema solar. A solução encontrada pela agência espacial americana foi a Digital Twins, ou, em português, Gêmeos Digitais.

Essa tecnologia permite a criação de uma versão virtual de um produto, processo ou sistema, que pode ser utilizada para os mais diversos fins: análise e manutenção preditiva, monitoramento, aprimoramento e etc.

E ela não é aplicável apenas a problemas de dimensões espaciais. Na verdade, qualquer produto, processo ou sistema pode ter o seu gêmeo digital e usufruir de todas as suas vantagens.

No artigo a seguir, você conhece melhor o conceito de gêmeos digitais, suas aplicabilidades e todas as vantagens e benefícios que ele tem a oferecer. Acompanhe e descubra!

O que são os Gêmeos Digitais?

A ideia de Gêmeos Digitais foi apresentada ao mundo pela primeira vez em 2002, pelo Dr. Michael Grieves. Contudo, na época o conceito era inviável para uso geral por conta do custo e da falta de suporte.

O cenário começou a mudar a partir de 2010, com a introdução da Internet das Coisas(IoT), da Computação em Nuvem, do Big Data e da Inteligência Artificial, que baratearam e aprimoram os processos.

Mas então, o que exatamente são os Gêmeos Digitais? Pense neles como uma representação virtual de um objeto físico: um produto, um processo ou um sistema. Eles são como uma ponte que liga o real e o virtual com o objetivo de aprimorar, baratear e tornar mais eficientes suas cópias reais.

Através de componentes inteligentes, como sensores, um gêmeo digital capta informações sobre o status de sua réplica real, criando assim uma representação virtual completa que pode ser usada para os mais diversos fins.

Por exemplo, um fabricante pode usar o gêmeo digital de um dos seus produtos para prever possíveis falhas e corrigi-las antes da fabricação real da peça.




Aplicações dos Gêmeos Digitais

A aplicação dos Gêmeos Digitais é ilimitada e as empresas podem inovar no uso da tecnologia para suprir suas necessidades. Contudo, podemos reunir suas aplicabilidades em três pontos principais: processos, produtos e sistemas.

Abaixo, você confere como os gêmeos digitais podem revolucionar cada um deles e impacto disso na indústria como um todo. Continue acompanhando!

Gêmeos de processos

Com a exigência cada vez maior dos consumidores e a crescente pressão pelo corte de custos, a indústria não tem espaço para erros. Os Gêmeos Digitais, nesse cenário, aparecem como a solução perfeita para evitar falhas e atender a todas as demandas de um mercado cada vez mais complexo.

Através da criação de gêmeos dos processos de produção, a empresa consegue simular todas as suas metodologias de fabricação. Assim, é possível prever, virtualmente, falhas e problemas de produtividade.

Além disso, é possível aprimorar todos os processos, de ponta a ponta. O que, consequentemente, reduz custos, elimina fontes de desperdício e aumenta a qualidade do produto final.

Gêmeos de produtos

O lançamento de um produto no mercado é um processo que leva tempo, dinheiro e está extremamente sujeito a falhas. Com a criação de Gêmeos Digitais dos produtos, contudo, a empresa pode ter vantagens em cada um desses pontos.

Isso porque, com o gêmeo digital de uma peça, é possível analisar como ela será executada sob diferentes condições e quais falhas são possíveis antes mesmo da definição de uma linha de produção.

Assim, o negócio pode fazer todos os ajustes necessários antes de investir tempo e dinheiro no produto. Consequentemente, os gastos com produção e o time-to-market são reduzidos, e a qualidade final é muito maior. O que aumenta as chances de sucesso no mercado.

Gêmeos de sistemas

Os Gêmeos Digitais de sistemas são modelos virtuais de todos os sistemas utilizados pela empresa. Através da coleta massiva de dados referentes a dispositivos, produtos e processos, eles favorecem o ganho de insights e criam novas e inovadoras oportunidades de negócio.

Os benefícios dos Gêmeos Digitais

Como vimos, os Gêmeos Digitais são uma tecnologia bastante disruptiva e com larga aplicabilidade. Mas, quais benefícios eles oferecem para as empresas na prática? 




Primeiramente, uma das maiores vantagens dos Gêmeos Digitais é o corte de gastos e a diminuição de fontes de desperdício. Isso porque, com modelos virtuais de seus produtos/serviços, processos e sistemas, o negócio consegue aprimorar seus modelos de produção, eliminar falhas e identificar problemas mais facilmente. Consequentemente, os custos caem.

Além do mais, é muito mais barato, rápido e eficiente corrigir problemas e falhas no ambiente virtual. 

Outro grande benefício dos Gêmeos Digitais é a redução no tempo de lançamento de novos produtos no mercado. Isso acontece, pois, com um modelo virtual do produto, todo o processo, desde o concebimento da ideia até o seu envio para o consumidor final é facilitado.

Por fim, a tecnologia de Gêmeos Digitais também traz vantagens com suas possibilidade de manutenção preditiva. Através do emparelhamento entre objeto físico e virtual, o negócio consegue prever possíveis falhas e assim evitar suas consequências.

No caso de uma máquina de produção, por exemplo, com um gêmeo digital de produto é possível saber antecipadamente quais peças podem apresentar falhas e, assim, realizar a troca preventivamente para diminuir o tempo de inatividade e diminuir os gastos.

Os Gêmeos Digitais como um caminho para a inovação

Inovar, com certeza, não é algo fácil. Leva tempo, muito dinheiro e muitas falhas até que produtos inovadores sejam idealizados, fabricados e lançados no mercado. Com os Gêmeos Digitais, contudo, todo esse processo pode ser extremamente simplificado e aprimorado. O que favorece e promove a inovação dentro das empresas.

Isso acontece porque os gêmeos digitais trazem mais agilidade e diminuem os riscos de investimento em ideias inovadoras. Com um único software, por exemplo, é possível simular centenas de modelos de produção e indicar aquele mais eficiente. 

Assim, o tempo de elaboração e concebimento de produtos inovadores cai, ao mesmo tempo em que o investimento necessário para lançá-los no mercado é menor.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui