Empresas de Data Center: faça a melhor escolha!

0
1417
empresas-de-datacenter
Tempo de leitura: 12 minutos

Empresas de Data Center surgem frequentemente, porém é comum a dúvida surgir, na hora de fazer a escolha certa para seu negócio. O mais indicado é que faça uma boa pesquisa e selecione aquela que atue como verdadeira parceira. Portanto, é fundamental considerar uma organização disposta a sanar todas suas dúvidas.

Mesmo assim, é imprescindível ficar atento a alguns detalhes importantes. Neste artigo, vamos listar dicas que ajudam a identificar de modo rápido, o melhor Data Center para seu projeto. Inclusive, saber quais são os tipos existentes e seus benefícios. Confira!

Empresas de Data Center: escolha com base nestes critérios

Antes de tomar a decisão imediata de contratar alguma das empresas de Data Center, faça uma pesquisa. Para evitar transtornos, verifique se a instituição que deseja atende os critérios a seguir. 

Transparência

Portanto, ainda que as ferramentas de comunicação automatizadas estejam em alta, é imprescindível gerar engajamento. Isto é, dialogar e entender a necessidade específica de cada um. Por exemplo, é como observar com a lupa, o empreendimento de seu cliente e montar um planejamento sob medida para ele. 

Antes de contratar um serviço, não se iluda com as promessas ou com o visual da proposta. Em outras palavras é muito comum associar a oferta, aparentemente profissional, com qualidade. Por isso, é fundamental analisar os detalhes da organização e questioná-los. Além disso, é importante considerar o nível de relacionamento com o cliente. 

Quando o consultor se disponibiliza a dar atenção ao seu negócio, sanar dúvidas e oferecer soluções totalmente alinhada com sua necessidade é um bom indicativo. Ao decidir pelo contrato de uma das empresas de Data Center, considere a transparência. Porque ela será sua parceira a longo prazo. 

Portanto, fique atento à facilidade de contato com a instituição. Pois é um fator que precisa tratar com cuidado. Inclusive, o tempo de resposta e clareza das informações são pontos que precisam levar em conta. Visto que, ignorar esses detalhes custa caro e perda de tempo. Consequentemente, afeta toda estrutura do negócio. Quando você está preparado, facilita na tomada de decisão certa. 

Segurança

Sendo assim, é mais confiável instalar um Data Center que ofereça segurança e atenda todas as necessidades inerentes a esse serviço. Também é importante considerar o momento de contratar e entender os motivos que justificam sua tomada de decisão. Dessa forma, é mais fácil fazer a escolha certa quando sabemos porque nosso negócio precisa deste serviço e identificar o momento ideal.

Além disso, aprenda sobre as características de um Data Center segura. Então, pesquisefontes confiáveis e consulte empresas consolidadas no mercado. Por fim, vale ressaltar a importância de analisar Cases da instituição que deseja contratar. Pois seu projeto pode impactar no sucesso de outras, que contratam o mesmo serviço. Entretanto, pesquise e avalie com profundidade às referências citadas. 

Planejamento Personalizado

Como complemento do tópico anterior, escolha uma organização que trata o cliente de forma personalizada. Por exemplo, é comum encontrar formulários ou chat automatizados conforme mencionado antes. Entretanto, quando o cliente apresenta forte interesse pelo serviço é preciso compreender, com detalhes e precisão, suas necessidades. Quando o consultor se conecta com seu negócio, possibilita ter uma visão geral e definir um plano exato.

Isso significa que ele vai buscar uma solução mais eficiente para seu projeto. A partir das principais necessidades levantadas, durante as reuniões e análises constantes, é possivel desenhar um planejamento completo. Independente de ser uma micro ou grande empresa, o objetivo é promover economia e evitar prejuízos para o cliente. 




Por isso, uma empresa de Data Center adequada é pautada na capacidade de estabelecer uma comunicação assertiva e conduzir até o planejamento final. Então, busque contratar uma Data Center com bom planejamento.

Time de Especialistas 

Outro ponto importante a considerar é observar o time da empresa. Dê preferência para equipes multidisciplinares, profissionais com funções distintas, que se complementam entre si, e que sejam especializados. 

Dessa maneira, você receberá suporte qualificado, além do planejamento e desenvolvimento adequado. Inclusive, contará com a manutenção corretiva e preventiva de seu sistema. Quanto maior a experiência e especialização de um time, melhor a escolha e definição dos requisitos de uma Data Center.

Qualidade

Esteja atento a qualidade do material da Data Center. Isto é, faça uma avaliação sobre a manutenção e os principais produtos que a instituição utiliza. Por exemplo, pesquise sobre os equipamentos e se a corporação tem parceria com fornecedores reconhecidos.

Conheça os tipos de Data Center existentes

Agora que já sabe quais são os principais critérios a serem abordados, aprenda sobre os principais tipos existentes. Em seguida, veja qual deles se encaixa melhor com sua empresa.

1. Hyperscale

Esse modelo de Data Center Cloud é adotado por empresas de grande porte como o Google, Facebook, Apple, Amazon etc. O Hyperscale é a solução ideal para empresas que estão expandindo rapidamente. Pois, ele apresenta uma arquitetura capaz de redimensionar e acompanhar o aumento da capacidade de processamento de dados, memória, recursos de armazenamento etc. 

No entanto, vale ressaltar que o grande diferencial de uma Hyperscale está na maneira eficiente e ágil de escalar o ambiente de seu negócio. Além de expandir, ela também pode diminuir rapidamente, de acordo com a demanda da organização. Sendo essa, a escalabilidade, a solução que promove o desenvolvimento contínuo do sistema sem perder a qualidade. 

Ao contrário do Data Center tradicional, o Hyperscale trabalha com outros diversos servidores, de demais empresas, e até mesmo de pessoa física. Para que entenda melhor seu funcionamento, o dimensionamento dessa Data Center pode ser tanto horizontal, quanto vertical. 

O primeiro aumenta a quantidade de máquinas na rede e o segundo, adiciona potência sobre elas. Consequentemente, suporta escalas de todos os níveis sem interferir na performance. Por exemplo, ele é capaz de suportar tarefas que exigem renderização, criptografia e trabalhos de computação científica. 

2. Colocation

O Data Center Colocation corresponde a um plano mensal de uma infraestrutura com alta capacidade de armazenar dados. Além disso, efetua a instalação de servidores sem a necessidade de investimento interno. Um dos principais benefícios é a redução de gastos, porque não é necessário investir em climatização, energia elétrica e monitoramento. Visto que, tudo isso acontece de maneira remota.

Também, podemos citar a agilidade na manutenção, pois o atraso na reposição de hardware provoca instabilidades nos servidores internos. Mas com o Colocation, a troca de qualquer peça é realizada com rapidez, porque conta com um fornecedor de confiança. 

3. Enterprise 

O modelo Enterprise é gerenciado por uma empresa que constrói a infraestrutura dentro ou fora da organização. Ele é administrado por uma Equipe de TI interna e tem uma estrutura similar ao do Hyperscale, porém menor.

Esse é um modelo mais procurado pelas empresas e tende a ser crescente ainda, por alguns anos. Entretanto, com a febre da estrutura Cloud não podemos afirmar até quando ela prevalecerá no mercado. Por uma lógica natural da inovação é provável que esse Data Center sofra novas mudanças no futuro ou se torne uma opção obsoleta. 




Também denominado de Data Center corporativo, a empresa tem total controle da estrutura. Portanto, as instalações são realizadas internamente, mas com um custo bem alto para implementar. Além disso, é imprescindível ter uma equipe de TI preparada para administrar. Mesmo assim, muitos preferem manter acesso restrito das informações de seu negócio. 

Razão essa, que é muito mais comum, que Startups ainda prefiram um Data Center Enterprise. Visto que, o próprio empresário ou seu gestor de TI, tem a opção de administrá-lo. De certo modo, é uma estrutura que proporciona segurança das informações, garante a continuidade dos processos e clareza das operações. Aparentemente, é um Data Center que supre muitas necessidades. Por isso, muitas organizações ainda preferem não migrar para a nuvem. 

4. Edge

Provavelmente já ouviu falar e é um modelo de Data Center comum, que apresenta uma estrutura menor e localizada próximo dos usuários finais, de modo a reduzir ruídos e atender demandas como soluções em nuvem, Big Data, Spotify, Netflix, Internet das coisas etc. 

5. Nuvem

Também conhecido como Cloud Computing, possibilita o armazenamento de dados, aplicativos e demais itens que são guardados em provedores de serviços. Por exemplo, a Azure da Microsoft. Contratar empresas de Data Center demanda soluções que funcionam sem riscos de interrupções. 

Em tecnologia, a única maneira de mensurar o mínimo de conhecimento de um profissional é por meio do relato de suas experiências e certificações. Da mesma forma acontece para avaliar empresas de Data Center. O selo de certificação é fundamental para gerar confiança nos clientes. 

Contrate Data Center com certificação

Além disso é importante que atenda a legislação local e Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais do Brasil. As certificações de tecnologia são documentos provenientes de instituições de autoridade global do segmento de TI. Desse modo, as empresas certificadas sempre são notificadas sobre atualizações. Sem esse conhecimento, não é possível garantir confiabilidade da infraestrutura. Ou seja, é fundamental assegurar a segurança, reduzir falhas, identificar soluções de forma rápida etc.

Portanto, ao decidir pelo contrato de uma Data Center verifique se a empresa atende às certificações principais, tais como a Infraestrutura, Segurança da Informação, Serviços, E-commerce e meio ambiente. No caso da escolha de uma Data Center é importante conferir se as certificações estão de acordo com as atualizações mais recentes. Por exemplo, a Tier Design, Tier Facilities, TUV e ISAE 3402/SEAE 18. 

Sem dúvida, ter um servidor dentro da própria empresa, instiga a idéia de independência. Principalmente, porque não há compartilhamento com outros. Mesmo que haja menos falha de queda, existem grandes chances de gerar riscos para seu negócio. Entretanto, o modelo Cloud é muito mais seguro e recomendado, exatamente, porque está presente no contexto virtual. 

Em outras palavras, não está vulnerável ao acesso de dados por pessoas, já que a estrutura não é física. Ainda que possa existir o risco de ciberataques, apostar nessa solução pode ser a melhor opção.

Quer investir e alavancar seu negócio? Investir em empresas de data center pode ser a melhor decisão para seu momento. Entre em contato conosco e tire todas suas dúvidas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui