Como manter a segurança no ciberespaço

0
36
ciberespaço
Tempo de leitura: 6 minutos

No ciberespaço ocorrem frequentes mudanças nos sistemas. Diariamente são descobertas vulnerabilidades, e com isso, novas preocupações surgem dadas as novas ameaças na segurança. E foi através de procuras por técnicas para se defender dos riscos, que surgiu o conceito de Ciberdefesa. Conceito este que nada mais é medidas de segurança cibernética.

A cibersegurança é crucial, principalmente para as empresas que não podem de forma alguma permitir riscos aos dados dos clientes. Além disso garantir a segurança deve fazer parte da estratégia das organizações.

Quais os riscos da falta de segurança no ciberespaço?

Há várias formas de coletar informações de usuários na internet. Ao ocorrer falhas na segurança cibernética, informações como dados pessoais, endereço IP, localização geográfica e até mesmo números de cartão de crédito podem ficar totalmente expostos. Além disso você pode correr os demais riscos:

Malwares:

Os Malwares, abreviação de “malicious software”, é um programa desenvolvido  para para roubar dados. Ele se expande através de vírus, Spam, Cavalos de tróia, entre outros e podem infectar o seu computador a partir de link, download de arquivos etc. Os mais comuns são os vírus, existem vários deles que possuem objetivos variados, que vão de mudar as configurações do usuário até descobrir as suas senhas.

Ransomware:

Este é outro software criado para agir de forma maliciosa, porém com a finalidade de ganhar dinheiro. O Ransomware infecta o seu computador e logo exibe mensagens exigindo pagamento para “o resgate” do seu sistema. E até que você consiga recuperar o controle do seu computador ele pode ficar bloqueado. Este risco também pode ser transmitido através de links, mensagens etc.

Phishing

É uma técnica usada para enganar os usuários do ciberespaço. Esta ameaça têm como objetivo conseguir dados reais. Para isso, é feito o contato com usuário através de email, mensagem ou telefone, onde a pessoa que entrou em contato se passa por empresas a fim de confirmar seus dados. Para isso eles podem te passar informações falsas para fingir que realmente têm o seu cadastro.




Estes foram apenas alguns exemplos de ameaças e algumas estratégias usadas por eles no ciberespaço. Vamos agora falar de cuidados que você deve se atentar para se manter protegido.

Cuidados no ciberespaço:

VPN

Abreviação de Virtual Private Network (Rede Privada Virtual), a VPN é uma rede privada através de uma rede pública. O servidor VPN envia seus dados de forma criptografada e com números de IPs diferentes do real. É uma ótima opção de segurança, principalmente para as empresas. 

URL

Ao navegar na internet, confira se as URLs não são suspeitas, principalmente antes de baixar arquivos ou inserir informações pessoais. Os próprios navegadores mais comuns oferece opção de verificar se os sites são seguros, basta ir nas configurações de privacidade e segurança. Ao usar essas verificações não arrisque quando ela apontar riscos em um site, por mais que pareça protegido o ciberespaço está cheio de ataques disfarçados.

E-mail

Parecido com a prática acima, confira sempre os endereços de email que você receba. E desconfie sempre de mensagens dizendo que você ganhou prêmios, sorteios e não clique em links duvidosos. Se o e mail houver identificação que parece ser confiável, tente entrar em contato direto com a empresa. O mesmo vale para mensagens SMS com links pedindo para você entrar em contato.

Sites falsos

Além de conferir a URL, perceba se o link que você abriu não te redirecionou para um site totalmente diferente. Se a página conter muitos pop-ups tome cuidado para não clicar em algum que te leve a sites falsos, além disso dependendo da quantidade eles podem ser considerados pop-up spam.

SSL

O Secure Sockets Layer, é um certificado de segurança digital. Por isso, ao navegar principalmente em lojas online, verifique se o site possui este certificado. Ele atua fazendo a criptografia dos dados, sendo assim seguro inserir seus dados de cartão de crédito, por exemplo.




Wifi público

Muitos estabelecimentos fornecem Wi-fi de graça para os clientes, mas apesar de atrativo, pode não ser seguro. Por isso, ao se conectar à uma rede pública tome muito cuidado com informações confidenciais. Mas o mais recomendado é que use a conexão do seu celular mesmo.

Senhas no navegador

Cuidado ao salvar suas senhas nos navegadores, principalmente se usar um computador compartilhado. Ao deixar suas senhas salvas, é possível fazer login automático e além disso ela pode aparecer em forma de texto.

Antivírus

Esta prática também ajuda a identificar sites maliciosos e proteger seu computador de vírus. Averigue com atenção para não escolher qualquer um, pois como vimos, não podemos estar vulneráveis a falhas de segurança. Depois de escolher um antivírus você poderá ficar mais tranquilo, mas sempre mantendo os cuidados acima e mantendo o antivírus sempre atualizado.

Conclusão

O que achou das medidas de segurança que devem ser tomadas no ciberespaço? Qual delas você ainda não utilizava? Ah, e não esqueça também de manter o Backup em dia, pois caso você sofra um ataque malicioso você terá seus dados a salvo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui