Backup incremental, diferencial e completo: quais as diferenças?

Backup incremental, diferencial e completo: quais as diferenças?

O backup é a principal ferramenta utilizada para dar segurança às informações e dados de uma empresa. Através dele é possível ter uma cópia de tudo salva, caso algum problema ocorra. Mas a variedade de modelos pode confundir. Afinal, qual a diferença entre backup incremental e backup diferencial?

Estar atento à essas diferenças é crucial para qualquer gestor, pois as informações são um dos bens mais valiosos para qualquer empresa. Perdê-las significa prejuízo e, em casos extremos, até mesmo a falência do negócio.

Pensando nisso, trouxemos este post explicativo sobre os principais modelos de backup e as principais vantagens e desvantagens de cada um, para que você entenda melhor esses processos. Acompanhe!

Backup completo

O backup completo ou full, pode ser considerado a base para todos os outros tipos de backups(backup incremental e diferencial). Ele consiste em uma cópia completa dos dados, arquivos e volumes para o armazenamento de destino.

Nesse modelo, todas as vezes em que um backup é necessário, o backup anterior a ele é descartado ou mantido, e o novo é feito, ou seja, todos os arquivos e dados são copiados a cada backup.

Embora esse modelo forneça mais segurança e proteção contra a perda de dados, a necessidade de uma nova cópia de todos os arquivos sempre que um backup for necessário, faz com que ele seja inviável para empresas que possuam um volume de dados muito grande.


Principais vantagens:

  • Facilidade de configuração, pois basta apertar um botão para que o backup seja feito.
  • Maior proteção contra a perda de dados e informações, por conta da cópia completa que é feita.
  • Um backup completo sempre será uma cópia idêntica do ambiente de produção, o que facilita a localização de arquivos ou pastas por parte do gestor de TI caso uma restauração seja necessária.

Principais desvantagens:

  • O tempo necessário para que um backup full seja feito é enorme, já que todos os dados são copiados indiscriminadamente, mesmo aqueles que não foram alterados.
  • O espaço de armazenamento necessário para que o backup completo seja feito também é grande, o que acaba gerando desperdício de discos ou fitas.
  • Essa grande quantidade de dados também acaba afetando a infraestrutura de rede e o poder de processamento dos servidores, o que pode acabar prejudicando a produtividade interna da empresa.

Esse modelo de backup é mais indicado para pequenos negócios, que não possuam um grande volume de informações a serem armazenadas. Contudo, ele também se faz necessário de forma periódica em empresas de grande porte.

Backup incremental

O backup incremental surgiu justamente para sanar a necessidade do backup full de copiar todos os dados e arquivos a cada nova execução. Nesse modelo, só é necessário uma cópia completa de todos os arquivos uma única vez, pois todos os outros backups só carregam os dados alterados desde o último carregamento.

Em outras palavras, só é feito backup de arquivos ou dados que sofreram alterações desde a última execução de backup, tenha sido ela total ou incremental.

Principais vantagens:

  • Como o backup incremental só faz a cópia de arquivos que sofreram alterações, a velocidade do processo é extremamente superior ao modelo full.
  • Pelo mesmo motivo, a quantidade de espaço e poder de processamento necessário para o backup incremental é pequena.

Principais desvantagens:

  • A principal desvantagem do backup incremental está na demora para que uma restauração seja feita, pois para que haja a recuperação dos arquivos, dependendo da solução de backup utilizada, é necessário primeiro restaurar o backup completo e depois todos os backups incrementais que foram feitos após ele.
  • Isso também implica em diversos riscos, pois caso um dos arquivos incrementais seja perdido, toda a restauração será prejudicada.
  • Nos casos em que o backup incremental de uma empresa é feito em espaços físicos como fitas, será necessário uma nova fita a cada execução de backup. Isso fragmenta os arquivos em vários lugares diferentes, dificultando a recuperação dos dados.

Por conta dessas desvantagens, um backup completo é feito periodicamente para garantir que não haja perda das informações.

Backup diferencial

No backup diferencial, assim como no incremental, é executado primeiro um backup completo com a cópia de todos os dados, e depois outras execuções subsequentes.

A diferença aqui é que enquanto no backup incremental cada execução copia apenas os dados que foram alterados desde o último backup, independentemente do tipo, no diferencial é feito uma cópia de todos os arquivos alterados desde o BACKUP FULL.

Isso quer dizer que na primeira execução depois do backup completo, serão copiados apenas os dados que foram alterados; na segunda execução serão copiados esses mesmos dados mais as alterações que foram feitas após eles.

Principais vantagens:

  • O backup diferencial é mais seguro que o incremental por conter todas as alterações desde o backup full, o que também evita uma grande fragmentação dos arquivos. Portanto para uma restauração bem sucedida, bastaria o backup incremental da data desejada + o backup full dele.
  • O backup diferencial consome menos espaço de armazenamento e é mais rápido do que o backup completo.

Principais desvantagens:

  • A principal desvantagem desse modelo está na necessidade de um espaço de armazenamento cada vez maior a cada nova execução de backup, chegando ao momento em que o backup diferencial será maior que o completo.

No modelo diferencial também se faz necessário um backup full periódico para evitar perdas de dados e garantir mais segurança.


Como você viu, a diferença entre os modelos de backup são enormes, e elas existem por uma razão: servir bem todos os tipos de empresas. Pois, enquanto para algumas, que não possuem um volume grande de dados, o backup completo pode servir; para outras ele é inviável e traz mais prejuízos do que benefícios.

Por isso, cabe ao gestor ficar atento às diferenças para poder escolher o modelo de backup que melhor vai servir à sua empresa e às suas necessidades, sempre de olho nas novidades e no futuro do negócio.

Uma boa estratégia pode ser um backup full por mês, e backups incrementais ou diferenciais diariamente, dependendo das necessidades de segurança de dados de seu negócio.

Deseja saber mais sobre backups e entender melhor qual deles é a opção certa para sua empresa? Entre em contato com a Host One. A nossa equipe de profissionais especializados te atende com o maior prazer.

E inscreva-se na nossa newsletter na página home do blog para se manter atualizado e por dentro de todas as novidades!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *