Planejamento de TI: aprenda aqui como fazer o seu

Planejamento de TI: aprenda aqui como fazer o seu

 

O planejamento de TI é a elaboração de um plano que integra o setor de tecnologia e negócios em prol dos objetivos da empresa. Ele envolve diversas áreas, como o departamento de TI, gestão, recursos humanos, gerenciamento de riscos, vendas e outros. É um guia para que a TI esteja alinhada com a estratégia de crescimento da empresa e dê suporte às ações para alcançar suas metas.

A TI possui vários desafios no dia a dia de uma empresa. Dentre eles estão: apoiar os vários setores empresa em suas atividades, garantir que seus custos fiquem dentro do orçamento, lidar com a complexidade intrínseca às suas atividades, mostrar confiabilidade aos gestores, segurança em relação ao acesso aos dados da empresa e, sobretudo, estar alinhada com os negócios.

No post de hoje, ensinaremos a criar um planejamento de TI, seguindo alguns passos básicos necessários para o sucesso dessa ação.

Os 7 passos para a elaboração de um planejamento de TI

Em função das responsabilidades já citadas e da necessidade de inovação e melhoria contínua dos processos de tecnologia dentro de uma empresa, é importante que se tenham diretrizes para nortear essas ações. Conheça agora algumas delas.




1. Defina quais são as dores do negócio

Exemplos:

  • Precisamos conhecer melhor os clientes que visitam a webpage da empresa para formular melhores ofertas de vendas. Como conseguir esses dados? Como armazená-los? Como extrair deles as informações necessárias para gerar essas ofertas de valor?
  • Nossos pedidos precisam ser entregues em um prazo mais curto: como evitar atrasos dos fornecedores? Como devo gerenciar meu estoque? Como melhorar a logística de entrega?

2. Estabeleça os objetivos

  • Impulsionar o crescimento dos negócios: criação de novas filiais, adoção de um modelo de franquias, investimento em marketing, etc.;
  • Minimizar os riscos envolvidos com o negócio: atrasos de fornecedores, seguranças das informações dos usuários, etc.;
  • Superar os obstáculos encontrados para atingir seus objetivos: burocracia, obter licenças,  concorrentes, ganhar a confiança dos clientes, etc.

3. Determine ações para alcançar esses objetivos

Defina ações que levam ao aumento das vendas como atender melhor os clientes e prospectar novos, melhoria no atendimento, produção. São exemplos disso:

  • Atrair clientes para seu website e extrair informações a partir dessas visitas: implementar sistemas que leiam os logs dos visitantes, armazenem esses dados e permitam que sejam analisados, estratégias de marketing de conteúdo, etc.;
  • Melhorar a entrega de produtos: melhorar a comunicação como os fornecedores e agilizar o recebimento dos pagamentos pelos clientes.

4. Busque soluções para alcançar os resultados planejados

É primordial entender o que impede a empresa de realizar o planejado. Veja alguns exemplos:

  • Não temos uma estrutura de TI para armazenar e analisar grandes volumes de informações;
  • Nosso sistema de gestão não oferece ferramentas que permitam encontrar gargalos nas entregas e pagamentos.

5. Analise as informações sobre os clientes

Compreenda quais são as necessidades dos clientes e como encontrar seus produtos. É importante entender questões como:

  • Como estão distribuídos geograficamente;
  • De quais produtos/serviços eles precisam;
  • Quais os meios de pagamentos mais utilizados por eles?

6. Alinhe as estratégias ao modelo de negócios

É fundamental que o Planejamento de TI esteja alinhado como o modelo de negócio da empresa, dando suporte aos serviços, produtos e como será o relacionamento com o cliente.

Deve-se identificar também quais os pontos estratégicos desse modelo e onde estão seus pontos fracos.




7. Confira as responsabilidades à TI

A partir do momento em que a empresa definiu as suas ações prioritárias e como alcançá-las, a bola é passada para a TI, que deve fomentar ações para apoiar sua implementação. É da responsabilidade da TI definir:

  • Quais ferramentas podem ajudar a conhecer melhor os clientes e assim melhorar as ações de marketing;
  • Quais ERPs no mercado podem melhorar a gestão;
  • Como deve ser a infraestrutura de TI para que essas ferramentas sejam implementadas;
  • Quais são as tendências tecnológicas que podem favorecer o negócio;
  • Quais os custos da implementação e se é possível adequar as ferramentas analisadas ao orçamento definido pela gerência.

Assim, vemos que o Planejamento de TI envolve diversas ações que compreender desde um profundo conhecimento das necessidades da empresa e clientes até a formulação de políticas de TI e escolhas de tecnologias a serem utilizadas.

É fundamental que a tecnologia e os objetivos do negócio estejam em sintonia, para que o investimento em TI efetivamente ajude a alcançar os resultados.

Ficou em dúvida sobre algum ponto da elaboração do plano de TI? Gostaria de saber mais informações sobre sua preparação e implementação? Comente abaixo, deixando suas perguntas ou opiniões a respeito.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *