Passo a passo para implementar sistema na nuvem

Passo a passo para implementar sistema na nuvem

O investimento em computação em nuvem já é adotado por vários negócios que buscam formas mais eficazes de executar as suas atividades. Nesse cenário, o gestor de TI deve estar atento ao tipo de solução que está sendo adotada, impedindo que a empresa faça um investimento de baixo retorno.

Nesse sentido, uma série de estratégias podem ser adotadas para que a aquisição de um sistema na nuvem seja um sucesso. Elas reduzem os riscos de o investimento dar errado e colaboram para que a empresa tenha um uso eficiente de seus produtos. Conheça agora quatro abordagens para escolher a ferramenta de cloud computing perfeita!

1. Saiba o que a sua empresa precisa

A computação em nuvem é conhecida pela sua flexibilidade. Hoje, um grande número de ferramentas de TI são fornecidas por meio de infraestruturas de cloud computing, o que torna a escolha do sistema na nuvem menos complexa.

Para fazer um investimento de alto retorno, o gestor de TI deve identificar as principais necessidades do negócio. Caso a empresa precise ganhar mobilidade operacional e ter um ambiente de trabalho colaborativo, por exemplo, o cloud storage pode ser adotado.

Por outro lado, a empresa pode ter a necessidade de reduzir os custos de licenciamento de software e integrar times. Nesse caso, deve adotar a assinatura de um sistema na nuvem como serviço.




2. Encontre um bom prestador de serviços

A escolha do prestador de serviços é algo que impactará diretamente na capacidade de profissionais utilizarem o sistema na nuvem escolhido pelo negócio. Busque empresas com um bom suporte, capacidade de manter dados seguros e com planos flexíveis.

Avalie o feedback de usuários antigos. Eles são capazes de passar uma visão abrangente sobre como o prestador de serviços consegue lidar com demandas e, ao mesmo tempo, saberão indicar as principais falhas da ferramenta.

3. Tenha um SLA bem negociado

O SLA (sigla para Service Level Agreement, ou Acordo de Nível de Serviço), é um documento que define como a relação entre o usuário de um serviço de TI e o prestador ocorrerá. Ele possui métricas de desempenho, regras de uso e demais fatores que possam influenciar no uso diário de um sistema na nuvem.

Negocie o SLA para que o serviço prestado esteja dentro das regras do negócio. Além disso, atue lado a lado com os usuários para que os requisitos mínimos de serviço estejam alinhados com as necessidades de todos aqueles que trabalharão com o sistema na nuvem adotado pela empresa.

4. Tome cuidado com a segurança e privacidade dos usuários

Privacidade e segurança digital são dois fatores que, a cada dia, tornam-se mais importantes para empresas que possuem uma grande infraestrutura de TI. Com o número crescente de ameaças digitais, o gestor de TI precisa estar atento à necessidade de escolher um sistema na nuvem que seja sólido e tenha a capacidade de proteger os seus usuários dos principais problemas existentes na web.

Avalie como as políticas de controle de dados funcionam. Também busque identificar como a empresa lida com as informações de clientes, assim, você pode ter a certeza de que investirá em um sistema na nuvem adequado para o perfil do seu negócio.




5. Saiba identificar o que é realmente Cloud Computing

Muitas soluções no mercado são mascaradas de nuvem, mas são serviços mais simples. Há exemplos de empresas que vendem soluções de VPS (Servidor Virtual Privado, que é uma máquina fisica virtualizada, sem qualquer orchestração ou redundância)  como solução de Cloud Computing. A tecnologia em nuvem deve permitir que o próprio cliente modifique seu ambiente, fazendo-o crescer ou diminuir de acordo com sua demanda, estruturas como o Data Center Virtual por exemplo, permite esta flexibilidade, permitindo ao cliente subir novos ambientes, remover máquinas virtuais, sempre que precisar, de forma autônoma.

E estrutura em nuvem também deve prover recursos computacionais em alta disponilidade, permitindo que uma falha em um servidor, não afete a infra-estrutura do cliente, por exemplo.

Com o crescimento do uso de tecnologia SSD, aliar discos de alta performance, pode impactar muito positivamente o uso de Cloud Computing pela sua empresa também, melhorando a experiência de sua empresa e seus clientes no uso de suas aplicações.

Gostou do nosso post e quer mais dicas para encontrar o sistema na nuvem perfeito para a sua empresa? Então entre em contato com um de nossos especialistas!

Content Protection by DMCA.com
Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *