VPS ou Data Center Virtual: qual é a melhor opção?

vps-ou-data-center-virtual-qual-e-a-melhor-opcao.jpeg

Com a evolução das tecnologias de internet o modo como fazemos negócios mudou. Um exemplo é a possibilidade de uma empresa transferir toda a sua infraestrutura de TI para a nuvem, terceirizando os serviços essenciais e ganhando força competitiva com as vantagens que essa estratégia oferece. No entanto, uma nova discussão ronda o tema, já que as opções de VPS e Data Center Virtual se mostram vantajosas.

Muitos acreditam que ambos são parecidos, mas existem diferenças que serão determinantes para o sucesso do negócio. Já que a maioria dos gestores e donos de empresas buscam descobrir qual é a melhor opção, decidimos elaborar um texto explicativo para você entender definitivamente qual das estratégias é mais vantajosa.

Confira!

O que é e como funciona o VPS?

VPS é a sigla para Virtual Private Server, que significa servidor virtual privado, em português. Também conhecido como Servidor Virtual Dedicado, trata-se de um servidor comum mas com divisões para criar outros pequenos servidores individuais.

Vários servidores virtuais podem ser hospedados no mesmo servidor físico, atendendo assim a diversos negócios e usuários ao mesmo tempo. Ou seja, um único servidor físico pode hospedar vários VPSs, cada um com o seu próprio sistema operacional que executa o software de hospedagem para um determinado usuário.

Um VPS também pode ter o seu próprio sistema operacional em que os clientes têm acesso como usuário em nível de administrador para que possam instalar e usar qualquer software que funcione nesse sistema.

O VPS pode ser utilizado para a hospedagem de sites, armazenamento e processamento de dados, mas como provém de um servidor que é fracionado e não se comunica com as outras partes, a capacidade de processamento, leitura e gravação em disco e uso de memória podem ser bem reduzidas.

Outro fator importante a ser considerado é que nesse tipo de serviço os níveis de qualidade em processamento e estabilidade não podem ser totalmente garantidos, já que a sobrecarga de um VPS vizinho pode afetar o funcionamento do servidor físico e interferir nos outros servidores virtuais. Lembrando que falhas de hardware também têm potencial para paralisar ou diminuir a capacidade de processamento, ou até mesmo uma manutenção no hardware, certamente irá retirar seu servidor do ar, já que um hardware único hospeda todas as informações de seu VPS.




Como todos os VPSs dependem dos recursos de um mesmo servidor físico, essa estratégia pode ser um pouco arriscada e gerar muitas interrupções de tarefas.

Dependendo das necessidades do negócio, essa falta de escalabilidade e de capacidade pode afetar no futuro, uma vez que o espaço e o processamento de dados se tornam limitados, criando um desafio para o desenvolvimento sustentável da empresa.

O que é e como funciona o Data Center Virtual?

Um Data Center Virtual é um conjunto de recursos de infraestrutura em nuvem projetado especificamente para as necessidades empresariais. Esses recursos incluem processamento, memória, armazenamento e link internet.

Recursos nobres como memórias e capacidades de processamento também são fracionados, como no VPS, mas compartilhados entre os diversos servidores. Basicamente, possui a mesma ideia do VPS, mas conta com tecnologias mais novas e recursos mais avançados.

Ao contrário do VPS, o Data Center Virtual (DCV) é composto por um ambiente com inúmeros servidores físicos. O armazenamento de dados é efetuado por equipamentos específicos, denominados Storages, o que separa a camada de processamento e memória do armazenamento de dados, com isto, uma falha em um hardware, por exemplo, é facilmente corrigida com a migração de seu Data Center Virtual para outro hardware, já que os dados de seus discos estão à salvo no Storage. No VPS todos os seus dados ficam armazenados nos discos do mesmo hardware que é utilizado para processamento de memória de seu VPS e de seus “vizinhos”.

Um Data Center Virtual no contexto de serviços de computação em nuvem é de categoria “IaaS” (Infrastructure as a Service), que permite acessar rapidamente e de forma remota a infraestrutura de TI da empresa a qualquer hora e de qualquer local.

Assim como em um Data Center local (físico), você pode utilizar os recursos do Data Center Virtual para a hospedagem e operação de aplicativos móveis, unidades de negócios e projetos, websites e lojas virtuais, sistemas de ERP ou CRM, conforme sua necessidade, sem ter que se preocupar com a capacidade física, já que o ambiente é totalmente escalável.

Dessa forma, o Data Center Virtual vem substituindo o Virtual Private Server pela forma como mantém e opera sua estrutura. Isso significa maior capacidade de memória e de processamento, dando aos usuários mais velocidade e estabilidade para executarem suas tarefas.




Outra grande vantagem do Data Center Virtual é a interligação entre seus servidores virtuais (instâncias), enquanto no VPS cada instância é isolada da outra, e nem sempre estará no mesmo hardware ou rede para se conectarem diretamente.

Resumindo, é uma forma de virtualizar o Data Center local que é mantido pela empresa. As vantagens são inúmeras. Destaque para a maior segurança contra perda de dados, escalabilidade, economia de custos e a mobilidade operacional.

Quais são as diferenças entre VPS e Data Center Virtual?

Para esclarecer um pouco melhor, listamos abaixo algumas das principais características dos dois modelos para você comparar e descobrir a diferença entre VPS e Data Center Virtual. Acompanhe!

  • Enquanto que o VPS utiliza apenas um servidor físico para se multiplicar em outros, o Data Center Virtual utiliza diversos servidores físicos compartilhados e Storages, aumentando a capacidade de armazenamento e processamento;
  • No Data Center Virtual não há interferências no servidor por sobrecarga de um usuário específico ou por falha de hardware, como acontece no VPS. Isso porque diversos servidores trabalham juntos e de forma compartilhada;
  • Diferente do VPS, no Data Center Virtual os hardwares são separados para atender especificamente às funções de armazenamento e processamento de dados, agregando alta performance à estratégia e maior disponibilidade;
  • Enquanto que no VPS existe a limitação de armazenamento e processamento de dados (limitação do servidor físico), o Data Center Virtual permite expandir essas funções por meio de recursos compartilhados com outros servidores no mesmo local. Isso sem qualquer interferência de outros usuários;
  • No DCV o risco de perdas de dados é reduzido pela possibilidade se criar clones e snapshots, armazenando-os em outros HDs e servidores;
  • A continuidade do negócio é mais garantida no DCV, pois além das réplicas de dados, toda a estrutura possui redundância: de rede, discos, storages e servidores, garantindo assim o pleno funcionamento dos sistemas;
  • O esquema de segurança também é mais reforçado no Data Center Virtual, pois é possível controlar quem acessa os dados e qual nível de acesso é atribuído para cada usuário. Além disso, firewalls, criptografia de dados e antivírus capazes de identificar padrões de comportamentos dos usuários complementam os recursos de segurança disponíveis.

Qual opção é mais vantajosa?

Avaliando as duas soluções mais de perto, o VPS é uma estratégia mais interessante para usuários individuais (pessoas físicas), geralmente desenvolvedores testando seus sistemas, pois a necessidade de capacidade de armazenamento e processamento de dados é menor do que em uma empresa. Por ter recursos limitados e não oferecer muita segurança e redundância é uma alternativa mais barata.

No caso de empresas que visam o crescimento, a melhor alternativa é o Data Center Virtual, pois além da segurança e continuidade do negócio proporcionadas, os gestores terão uma escalabilidade que acompanha o ritmo de crescimento da empresa e maior controle das operações realizadas na nuvem.

Agora que você já conhece bem as diferenças entre VPS e Data Center Virtual pode escolher a melhor opção. Aproveite para planejar investimentos mais seguros e certeiros, trazendo benefícios reais e duradouros para o seu negócio crescer e desenvolver um diferencial competitivo forte diante da concorrência.

Gostou das dicas? Compartilhe essa informação com seus amigos nas redes sociais e torne-se influente entre eles!

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *